Notícias

SPFC aposta em cloud e amplia disponibilidade

27/12/2011 - Computerworld

Clube de futebol paulista migra sites para data center em um serviço casado de nuvem, hosting gerenciado e colocation e como resultado conquista estabilidade do ambiente.

 

Com uma média de 1,5 milhão de acessos por mês no portalhttp://saopaulofc.net/, o São Paulo Futebol Clube enfrentava, até meados de 2011, problemas de instabilidade na página, especialmente nas fases em que o time registrava alta no Campeonato Brasileiro ou na Copa Libertadores da América. Nesses períodos, a busca por notícias do clube saltava sobremaneira e os servidores que estavam por trás da operação não suportavam o número de acessos e ficavam inativos.

 

“A demanda por disponibilidade era latente e por isso decidimos migrar nossa estrutura para outro provedor de data center. Nossas vitórias em campo são grande motor de acesso e não podíamos deixar nossos torcedores sem informações sobre o clube”, lembra Adriano Luiz Rocha, analista de TI do SPFC.

 

Em agosto de 2011, deu-se início à migração dos servidores da Locaweb para a Alog, em um processo que consumiu cerca de dez dias e foi considerado um gol de placa pelos profissionais envolvidos. “O prazo era curto, mas não deixamos de lado dos requisitos do cliente, nem a qualidade. Criamos um ambiente híbrido casado de huvem, hosting e colocation”, detalha Victor Arnaud, diretor de Marketing e Processos da Alog.

 

Antes, um servidor físico suportava a aplicação do Portal do São Paulo FC e agora são dois servidores dedicados somente para o front end e outro servidor mais robusto assumiu a operação banco de dados.

 

Hoje, quatro outros serviços rodam na nuvem. São eles: o Portal 7, que abrange a área social do clube e diversas modalidades como vôlei; o Calendário Tricolor, hotsite interativo que reúne os fatos históricos do São Paulo; a Rádio SPFC e o Batismo Tricolor, cerimônia realizada no gramado do Estádio do Morumbi para introduzir o torcedor ao universo do time.

 

Segundo Rocha, a experiência do SPFC com a nuvem tem sido satisfatória. “Não registramos queda e com a mudança obtivemos ganhos tanto para a TI como para os negócios”, assinala. Para a equipe de tecnologia, o analista aponta que a administração dos recursos foi aprimorada e simplificada.

“Se tivermos algum incidente com o servidor, a TI pode revertê-lo imediatamente, sem necessidade de abrir um chamado, algo que era comum no quadro anterior”, explica. Outro benefício, diz, foi a melhoria de monitoramento dos serviços.

 

“Recebemos relatórios de gerenciamento mais detalhados, temos serviços de backup online e maior estabilidade nos servidores”, observa Dorival José Decoussau, diretor de Comunicações do clube.

 

Rocha, que tinha receios com relação à nuvem, especialmente sobre robustez e segurança, diz que o placar positivo dos atrativos do modelo fez que as dúvidas e medos ficassem no passado. “Estabilidade foi ponto importante para construir essa nova visão”, lista.

 

Nos próximos três meses, o SPFC deverá, de acordo com Rocha, migrar para o ambiente de cloud da Alog a solução de Customer Relationship Management (CRM), que reúne informações de 40 mil Sócio-Torcedores [como é chamado o programa de relacionamento entre o clube e os torcedores do time tricolor]. “Esperamos com essa movimentação alcançar novos patamares na TI”, projeta Rocha.

 

Fonte: Computerworld



MAIS NOTÍCIAS


27/10/2014

Tecnologia de resfriamento adotada pela ALOG prevê redução de até 60% nos custos de energia

23/10/2014

Matéria especial traz declaração do presidente Eduardo Carvalho sobre as vantagens de adotar a solução Cloud Exchange

09/10/2014

Portais devem estar prontos para o aumento de acessos durante o principal dia de vendas do e-commerce mundial

08/10/2014

Entre as atividades, haverá e distribuição de materiais apresentando cases de sucesso das empresas nacionais

Todas as Notícias


FALE CONOSCO

Houve um erro ao enviar a sua mensagem. Por favor, tente novamente mais tarde. X
Sua mensagem foi enviada com sucesso. X